MÁRCIO
DIEGUES

1988 — General Salgado/SP
Vive e trabalha no Rio de Janeiro

Márcio Diegues

Formado em Artes Visuais pela Universidade Estadual de Londrina em 2012, Márcio Diegues é mestrando em Linguagens Visuais pela Escola de Belas Artes da UFRJ, desde 2015. Atuando também como professor, pesquisa o desenho como fio condutor de suas relações com a paisagem e o espaço, desdobrando-o em gravuras, livros de artista, instalações, ações de coleta e obras site specific.

exposições individuais e coletivas

Realizou as exposições individuais Projetos Escalares SESC em Presidente Prudente (SP, 2016) e O Tempo da Paisagem (e as Paisagens do Tempo) no SESC em Londrina (PR, 2013). Entre as coletivas, estão Sem Título (Do Impossível ao Porvir) na Galeria Periscópio em Belo Horizonte (MG, 2017), Passageira-16 no Museu de Arte de Londrina (PR, 2016), e Ervanaria Móvel: expedição I no Centro Cultural Banco do Brasil e Museu Mineiro em Belo Horizonte (MG, 2015). Foi selecionado Bolsista do Programa de Residência Artística Bolsa Pampulha 2013-2014, e um dos artistas de destaque da Bolsa Iberê Camargo 2014.

RELAÇÕES SENSÍVEIS

Enquanto artista, me interesso pelas relações sensíveis que tecemos com o espaço do mundo e desdobramos em forma de paisagem. O desenho é a ferramenta principal do meu pensamento plástico, atuando como um campo de forças onde os objetos e os elementos do espaço apontam para experiências específicas de imersão na realidade percebida.

Nesse movimento de pesquisa vivencial o desenho atua como um catalizador sobre a percepção espacial e dinâmica das coisas. O caderno/livro de artista surge como um suporte de impregnação dessas experiências dentro da minha produção. A partir dele, as relações que qualifico com a paisagem se desdobram em estratégias de coleta, instalações e gravuras em metal.

Por esta constelação de processos, crio catalogações poéticas da paisagem, tornando o desenho um exercício de operações sensíveis e partilháveis, que, de alguma forma, redimensiona nosso olhar para o mundo.

Prêmios e residências

. 2013 – Seleção e comunicação do artigo “Caderno de gravuras: Calcogravura e o desenho de paisagem”, 22a Encontro Nacional da Anpap, “Ecossistemas Estéticos”, Belém-PA.

. 2012-2010 – Bolsista de iniciação artística – Proarte/UEL.

. 2012-2008 – Graduação em Artes Visuais – Licenciatura, pela Universidade Estadual de Londrina – UEL.

. 2015 – Integrante do projeto ERVANARIA MÓVEL – Edital Redes – Funarte.

. 2015 – Integrante do projeto Ateliê Midiológico, Teatro Espanca, Belo Horizonte-MG.

. 2014 – Artista selecionado na Bolsa Iberê Camargo para o projeto de Web Art.

. 2014-2013 – Bolsista do programa de Residência Artística – Bolsa Pampulha.

. 2012 – Integrante do programa Ateliê Permanente – Divisão de Artes Plásticas – Casa de Cultura – UEL.

. 2010-2009 – Membro do Coletivo Artístico de Ações Performáticas MANADA.

CONHEÇA AS PRINCIPAIS EXPOSIÇÕES DE MÁRCIO DIEGUES

Pin It on Pinterest

Share This