BENEDIKT  WIERTZ

                                       E

EDGAR CALEL

Produção em conjunto dos artistas

 

BENEDIKT  WIERTZ e edgar calel

Benedikt Wiertz é natural de Bonn, Alemanha. Artista plástico, ceramista, e professor. Atualmente possui atelier no município de Brumadinho, MG. Suas atividades se dividem entre o ensino, a produção e a pesquisa no âmbito das Artes Visuais.

Edgar Calel é natural da Guatemala, e nasceu em um povo indígena que se chama San Juan Comalapa, e se parte de uma comunidade que chama por nome Kaqchikel, e Kaqchikel é um um dos 23 povos indígenas que habitam na Guatemala.

fragmentos da fala dos artista sobre a produção em conjunto

 

por Calel

– Então, eu vou falar um pouco o trabalho que fiz com o Benedikt, porque com o Benedikt há uma amizade de muitos anos, pois eu o conheci em 2011. Então, entre a conversa e o desejo de fazer e compartilhar, surgiu esta parceria de escrever por um momento a história do meu povo em cima dos objetos que ele constrói. E a memória do meu povo, a minha memória pessoal, aquelas abstrações que estão dentro de minha cabeça que não posso compreender, mas se não obstante tomam parte do meu tempo e da minha vida, então é como tirar estas coisas, estas imagem e estas palavras dentro de minha cabeça e dentro de minha memória e transferi-los aqueles suportes que ele construiu, que são umas vasilhas, que são umas panelas que são uns guardadores de sonhos.

por Benedikt

– A Cerâmica ela é uma forma de fazer é um campo que envolve muita tecnologia, é uma coisa demorada, e ela tem uma, a cada etapa de uma criação de uma cerâmica ela tem seus, não segredos, mas tem suas tecnologias e técnicas, e na medida quando você domina as coisas cada vez surgem com mais facilidade. O volume quando você começa é muito difícil de você lidar com volume e com peças grandes.

por Calel

– E também é interessante falar sobre esta amizade um pouco de nossa origem também, eu que venho de um povo da américa central com descendência Maya Kaqchikel, Brasil que este é o espaço que nos encontramos, tanto Benedikt que é um artista que veio da Alemanha e que também vem trabalhando por mais de 30, 40 anos com cerâmica e como surge este encontro esta parceria para trabalhar com a terra e com o fogo, e gravar também um pouco nossa memória e nossa pratica tanto desde Guatemala e Alemanha e como o Brasil se volta para este espaço para abraçar estes objetos que nós construímos juntos.

 

 

Pin It on Pinterest

Share This