MARCELO
DRUMMOND

19xx — Itabira
Vive e trabalha em Belo Horizonte

É artista gráfico formado pela FUMA/UEMG e professor da Habilitação em Artes Gráficas do Curso de Artes Visuais da Escola de Belas Artes da UFMG. Doutorando em Artes Visuais pela Universidad de Barcelona, Espanha, com bolsa cedida integralmente pela CAPES, cuja tese intitulada “TIPOS MALDITOS”, versa sobre a gráfica vernácula no Brasil.

É membro-fundador do Laboratório PIRACEMA de Design, um grupo de estudo transdisciplinar sobre a cultura visual e material brasileiras. Pesquisador do Grupo GRAMMA [Ateliê, Reflexão e Memória das Artes Gráficas] e do NECI [Núcleo de Estudos da Cultura do Impresso], ambos na EBA/ UFMG, Belo Horizonte.

Desde 1990 até o presente momento, vem realizando inúmeros projetos gráficos e expográficos para empresas e instituições brasileiras, com especial ênfase no assessoramento para o desenvolvimento de eventos culturais e artísticos. Participou de várias exposições, com destaque para as seguintes mostras:
“Bienal Ibero-americana /BID” [2013], Madri, Espanha; “Segue-se ver o que quisesse”, Belo Horizonte [2012] ; “Bienal Brasileira de Design”, Curitiba [2010]; “Design Brasileiro hoje: novas fronteiras”, sob curadoria de Adélia Borges, MAM/ SP [2009] e “We loves Books! A world tour”, Centre Du Graphisme D’Échirolles, Grenoble, França [2008].

Obteve os seguintes prêmios: BID_2012, Espanha; 51º Prêmio Jabuti, Câmara
Brasileira do Livro, São Paulo [1º Prêmio: projeto gráfico], 2009; Concurso Arte no Ônibus, Belo Horizonte, MG [Prêmio], Belo Horizonte, 2005; Prêmio Internacional de Poesia Visual Joan Brossa, Barcelona, Espanha [Grande Prêmio], 1999.

Pin It on Pinterest

Share This