EDUARDO
HARGREAVES

1994 — Juiz de Fora
Vive e trabalha em Belo Horizonte

Graduado em artes visuais pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 2017, Eduardo participa de diversas exposições coletivas desde 2014.

Em 2018, participa da residência Ocupa_Espai, ao lado do também artista José Lara, com acompanhamento, orientação e curadoria de Nydia Negromonte e Marcelo Drummond.

Em agosto de 2018, realiza sua primeira exposição individual, Paisagens Rotas, no Centro Cultural da Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ) – São João del Rei, 16/08 – 30/09.

Em setembro do mesmo ano, participa da exposição coletiva do Festival Artes Vertentes, Longitudes e latitudes da memória, com curadoria de Luiz Gustavo Carvalho, ao lado de grandes artistas brasileiros como Nuno Ramos, Hilal Sami Hilal, Nicia Braga, Ana Alves e Caetano Dias.

Premiado pelo edital do programa Mostras BDMG, apresenta sua primeira exposição individual em maior escala, Cartas para um lugar, na Galeria de Arte BDMG Cultural – Belo Horizonte, 14/09 – 25/10.

RESIDÊNCIAS

2018 – Ocupa_Espai, ao lado do artista José Lara, com acompanhamento dos artistas Nydia Montenegro e Marcelo Drummond. – Belo Horizonte, MG.

REALIZAÇÕES

2015 – Curador na exposição individual e retrospectiva do artista Zé do Poço no Teatro Espanca. – Belo Horizonte, MG.

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

2018Cartas para um lugar – Exposição individual na Galeria de Arte BDMG Cultural, através do programa Mostras BDMG 2018-2019. – Belo Horizonte, MG.
2018 – Paisagens Rotas – Exposição individual na Galeria Escada do Centro Cultural da UFSJ – São João Del Rei, MG.

EXPOSIÇÕES COLETIVAS

201830 anos de arte no BDMG Cultural – Exposição com obras selecionadas do acervo artístico do BDMG Cultural, com curadoria de Márcio Sampaio e expografia de Marconi Drummond – Belo Horizonte, MG.
2018Como uma quilha corta as ondas – Exposição coletiva no espaço Casa Azeitona, com curadoria de Manu Grossi – Belo Horizonte, MG.
2018 – Longitudes e Latitudes da Memória – Exposição coletiva do Festival Artes Vertentes, sob curadoria de Luiz Gustavo Carvalho – Tiradentes, MG.
2018Inversos de antípodas – Exposição coletiva no galpão do espaço Ilha Major. – Belo Horizonte, MG.
2018Quantos mapas são possíveis? – Exposição de fechamento da residência Ocupa_Espai, em conjunto com o artista José Lara. – Belo Horizonte, MG.

2017-2018As horas que não dormimos – Exposição coletiva dos Trabalhos de Conclusão de Curso dos alunos de Artes Visuais no Centro Cultural da UFMG. – Belo Horizonte, MG.

2017Desenvolvimento – Exposição coletiva na Galeria da Biblioteca Central da UFMG, com curadoria de Fabrício Fernandino. – Belo Horizonte, MG.

2014Deriva 9: De Nós ou De Naus– Exposição coletiva no Centro Cultural da UFMG, com curadoria de Marcos Hill. – Belo Horizonte, MG.

Pin It on Pinterest

Share This