Fotografia de Bob Wolfenson

Novo presidente da Bienal de São Paulo, José Olympio, comenta sobre o que pretende para sua gestão e para próxima exposição

José Olympio Pereira, novo presidente eleito para a Fundação Bienal, em entrevista publicada pela Select (13/12), comenta a missão da Fundação Bienal, o que pretende para sua gestão e como vai escolher o curador da próxima exposição, prevista para 2020.

Nesta entrevista ele revela também que vai propor ao Conselho de Administração da Fundação ampliar seu papel institucional na preservação da memória das artes, a partir do embrião representado pelo histórico Arquivo Wanda Svevo.

Olympio é presidente do banco de investimentos Credit Suisse no Brasil e tem assento em conselhos de museus no Brasil, nos Estados Unidos e na Europa. Junto com sua mulher, Andrea, possui uma coleção de mais de 2 mil obras, especializada em arte brasileira dos anos 1950 até a atualidade.

Confira a entrevista completa pelo site da revista Select, através do link: https://www.select.art.br/bienal-de-sao-paulo-quer-investir-na-memoria-das-artes/

Pin It on Pinterest

Share This