Pelo mundo

Acompanhe as

Lucas Dupin: finalista da II Residência Artística Internacional
05.09.18

A Casa da Cultura da América Latina da Universidade de Brasília – CAL / DDC/ DEX / UnB, junto à Organização dos Estados Ibero americanos – OEI, divulgou no dia 5 de setembro o resultado da II Residência Artística Internacional – OCA, que tem como tema este ano: “Experiência e cidade na América Latina”, voltado para as diferentes linguagens das artes para repensar e debater espaços urbanos.

A residência artística acolhe as diversas expressões que trabalham com propostas nessa linha. “Com o OCA, a gente encontrou um caminho que vai além do espaço de criação, produção e exibição das artes. Promove um intercâmbio e debate no âmbito da sustentabilidade com as cidades latino-americanas”, destaca o diretor da CAL, Alex Calheiros.

Numa primeira etapa, dos 148 artistas inscritos, foram previamente selecionados trinta (30) candidatos. Após a pré-seleção, foram selecionados seis (6) finalistas, para a II Residência Artística Internacional OCA da Casa da Cultura da América Latina / CAL / DDC / DEX / UnB. Entre os selecionados está Lucas Dupin Melo – ( Belo Horizonte / MG, Brasil), artista que atualmente é representado pela galeria Periscópio. Dentre os demais selecionados, estão: Claudia Ivonne Giérrez Marfull (Puente Alto, Chile), Fabián Avila Elizalde (Ciudad de México, México), Iara Freiberg (São Paulo / SP, Brasil), Oscar Figueroa Chaves (San Jose, Costa Rica) e René Luiz Junior (Natal / RN, Brasil).

Foram selecionados como suplentes: 1º suplente – Cleverson Luiz Salvaro (Belo Horizonte / MG, Brasil), 2º suplente – Antoine Guerreiro Golay (Rio de Janeiro / RJ, Brasil), 3º suplente – Reginald Elysee (Gonaives / Artibonite, Haiti), 4º suplente – Isadora Cassiano Gonzaga Cruz (Rio de Janeiro / RJ, Brasil).

De 24 de setembro a 24 de outubro, os selecionados se encontrarão todos os dias na CAL/UnB, em Brasília, para trabalhar juntos.  O grupo será acompanhado por curadores, visitará edifícios da capital federal, além de interagir com cidades no entorno de Brasília. A participação na residência artística é individual, aberta a pessoas com 18 anos de idade ou mais. Os critérios de seleção levam em conta o alinhamento da trajetória artística dos proponentes ao tema da convocatória. A residência artística da CAL/UnB e OEI diferencia-se de outras experiências nessa área por acontecer dentro da universidade, um espaço de interação e discussão das artes.

 

Fontes: https://oei.org.br/noticia/oei-e-unb-lancam-edital-de-residencia-para-artistas-da-america-latina-e-caribe;

https://www.facebook.com/calunb/