Ivens Machado - todos por um

Todos por UM, Ivens Machado.

Ivens  Machado, nascido em Florianópolis e bem vivido na cidade do Rio de Janeiro: um belo começo!  São duas belas cidades, que estimulam a criação artística com as janelas abertas  para mar…

É desbravando territórios urbanos e observando o seu cotidiano que o artista apresenta suas obras. Com a utilização de materiais da construção civil, ele traz simplicidade em seu discurso conceitual, mesmo que com grande sofisticação intelectual. Ivens, promovendo experiências inovadoras na arte, foi pioneiro na utilização da mídia audiovisual para expressar suas ideias e desejos na arte brasileira.

Um grande desenhista, o percurso de seu traço resultou em transformá-lo, também, em um dos maiores escultores do Brasil. Esse é Ivens Machado, o artista que ressignifica um aspecto rústico através de um olhar e uma maneira de fazer associados às questões do homem político, do homem viril e da violência humana e arquitetônica da vida.

Conheci Ivens Machado quando aluguei uma casa no mesmo terreno da sua casa-ateliê na Estrada Niemeyer, no Rio de Janeiro. Já conhecia e admirava sua obra e com essa convivência descobri um Ivens observador e um sentimentalismo extremo que embalava suas obras. Suas criações mudavam o sentido das coisas, transbordava e revisava valores que se tornaram úteis para o mundo da arte, mobilizando também outras questões filosóficas da vida. Tudo movido pela intensidade da criação, esse Ivens é único!

Um artista com o dom de criar em qualquer lugar em que aporta, transformando cenários, a arquitetura e o espaço com uma verdadeira maneira de construir e realizar sua obra que emociona, seduz e pergunta ao observador. Isso também é Ivens! Parece que, agora, nosso artista está no lugar certo, no momento certo: ele ocupa com generosidade o seu devido lugar e o universo agradece essa doação, enquanto o público descobre uma obra pulsante, forte e viva.

Essa exposição apresenta obras de Ivens Machado que dialogam com criações de outros artistas, como Ernesto Neto, Marcone Moreira, Rodrigo Cass , Mauro Restiffe e Lucas Simões, misturando, num só olhar, maneiras e tempos diferentes de criar, com uma intensidade real que propõe uma pausa para pensar o que se vê. A exposição comemora, ainda, o primeiro aniversário da galeria na cidade.

Acredito que Ivens faz parte de artistas criadores que desenvolvem sua obra num específico tempo de ocupar um lugar certo, que sincronicamente propicia o  diálogo com outros artistas que também são referências no contexto de movimentos e escolas artísticas… o tempo é o senhor que encaixa tudo no seu espaço. Isso é muito atual no conjunto da obra de Ivens Machado, que sempre quebrou regras e certezas, criando incertezas concretas e gerando uma nova maneira de olhar para arte e conviver com o objeto dessa arte.

Respirar e inspirar são palavras-chave nas obras de Ivens. Sua obra é orgânica e tem um frescor que atravessa o tempo e se coloca em linearidade, ainda que se possa obter várias nuances distintas em sua criação.

Viva Ivens!

Wilson Lazaro – Belo Horizonte, 2016

 

Crédito das fotos: Eduardo Eckenfels