Fabio Tremonte - Domingo

Para a inauguração, a Periscópio Arte Contemporânea apresenta a exposição “Domingo”, de Fábio Tremonte, que abre uma discussão política e social sobre o comportamento humano, trazendo uma exposição na qual o público será convidado a se sentar em esteiras paradas para fazer uma refeição “sem pudor”. Segundo Germano Dushá neste “Domingo” para o qual Fábio Tremonte nos convida, logo encontramos a evidência cortante da confusão – nublada e melancólica – que é fazer este exercício nos dias de hoje. Enquanto somos postos diante das urgências estruturais da vida comum, é incontornável: nos sobram dúvidas e descrenças.

Entre proposições e apropriações; estratégias literais e poéticas; gestos duros e ternos, o artista cria espaço e tempo para sentarmos, comungarmos e refletirmos sobre o que nos cerca. Se crer num mundo manifestamente em estado terminal é o que mais nos falta, os trabalhos reunidos partem de uma postura consternada para soprar provocações, tateando outros possíveis caminhos; sacudindo o controle; e suscitando novos acontecimentos. Se essas ações encontram, em qualquer grau, seus efeitos, nos interpelam e motivam: há mundo depois do fim do mundo?!

  • BLACK FLAG 2015 - serigrafia sobre tecido 140 x 160 cm

  • VISTA GERAL - Exposição " Domingo "

  • VISTA GERAL - Exposição " Domingo "

  • Conversa sobre o fim-do-mundo [colaboração de Germano Dushá] | pôster | 2015

  • SEM FÉ, SEM LEI, SEM REI - instalação 100 x 020 cm x 030 h

  • Como dobrar uma bandeira vermelha | performance e instalação | 2013/2015