Pelo mundo

Acompanhe as

ÉDER OLIVEIRA no Palácio das Artes
08.05.17

Ocupação de Artes Visuais apresenta artistas selecionados no edital 2017 que investigam as tensões sociais da contemporaneidade.

Os projetos escolhidos para o Edital de Ocupação de Artes Visuais, da Fundação Clóvis Sagado (FCS) – iniciativa já consolidada no cenário artístico de Minas Gerais e do país, que chega à sua 10ª edição em 2017, colocam em destaque tensões sociais da contemporaneidade.

Os trabalhos selecionados são de autoria de Éder Oliveira (Pintura – ou a Fotografia como violência), Isabel Löfgren e Patricia Gouvêa (MãePreta) e Ricardo Burgarelli (PanAméricadsueño).

A representação social de mestiços na região Norte; o resgate do protagonismo da mulher negra na história do país; e a atual conjuntura sociopolítica do continente americano figuram a exposição, com inauguração marcada para o dia 12 de maio, se estendendo até 13 de agosto.

O fascínio pelos retratos e a curiosidade por rostos desconhecidos inspiraram Pintura – ou a Fotografia como violência, trabalho do paraense Éder Oliveira. “O retrato também é um símbolo de status social, então eu queria fazer uma coisa avessa. Algo que contradissesse isso”, ilustra.

Com sua primeira exposição no Palácio das Artes, o artista destaca a importância de ocupar uma das galerias da Fundação Clóvis Salgado e provocar a reflexão também para o público mineiro. “Espero que as pessoas consigam refletir sobre essas imagens e sobre o momento em que vivemos, quando tudo parece tão virtual e pronto. Acredito que a arte tem esse poder de nos fazer olhar mais para o lado e perceber problemas e situações ao redor”, diz.

“Considerando que a proposta do edital é valorizar a arte contemporânea, as obras acabam por refletir esse momento de tensões sociais que vivemos em nível mundial. É inevitável” (Uiara Azevedo, Gerente de Artes Visuais da Fundação Clóvis Salgado)

Exposições do Edital de Ocupação de Artes Visuais 2017

Galeria Genesco Murta – Pintura – ou a Fotografia como violência, de Éder Oliveira

Galeria Arlinda Corrêa Lima – MãePreta, de Isabel Löfgren e Patricia Gouvêa

Galeria Mari’Stella Tristão – PanAméricadsueño, de Ricardo Burgarelli

Abertura: 11/maio de 2017 às 19:00

Data: 12/maio a 13/agosto de 2017

terças aos sábados de 9:30h às 21h – domingos de 16h às 21h

Local: Palácio das Artes – Avenida Afonso Pena, 1537, Centro , BH/MG